UL-250

8 Dicas para preservar a microbiota

Manter o equilíbrio da microbiota começa por termos uma alimentação variada, equilibrada e saudável.

Mas passa também pelo nosso estilo de vida, sendo importante evitar ou aprender a gerir o stress e a ansiedade, reduzir o sedentarismo, entre outros.

Saiba como cuidar melhor da sua microbiota intestinal:

  1. 1. Consumir alimentos probióticos e fermentadosAlimentos fermentados, como kefir, kimchi, kombucha, miso, sauerkraut, tempeh, são uma fonte natural de probióticos
  2. 2. Comer fibra prebióticaOs prebióticos, hidratos de carbono não digeridos, vão alimentar os probióticos, mantendo-os no intestino e ajudando à sua proliferação. Ou seja, ajudando ao aumento das bactérias “boas” no intestino.
    Alguns alimentos prebióticos são: espargos, bananas, chicória, alho, alcachofra-girassol, cebolas e cereais integrais.
  3. 3. Reduzir o consumo de açúcar e/ou adoçantesIngerir demasiado açúcar ou adoçantes pode levar ao desequilíbrio da microbiota intestinal. Alguns estudos mostram que o aumento de consumo de açúcar leva ao crescimento do número de bactérias ligadas a doenças metabólicas.
    Outros indicam que o uso de adoçantes pode impactar de forma negativa os níveis de glucose no sangue devido ao seu efeito na flora intestinal. Isto significa que adoçantes podem aumentar o açúcar no sangue, apesar de não serem realmente açúcar.
  4. 4. Reduzir o stressExiste uma variedade de fatores que podem afetar negativamente a saúde da nossa microbiota. Estes incluem o stress psicológico, o stress ambiental, como frio, calor ou barulho extremo, e a privação do sono. Algumas técnicas para gerir melhor o stress passam pela meditação, exercícios de respiração e a progressiva relaxação muscular.
    Exercício regular, hábitos saudáveis de sono e uma alimentação equilibrada podem ajudar a reduzir os níveis de stress.
  5. 5. Evitar tomar antibióticos desnecessariamenteO uso excessivo de antibióticos pode levar à resistência aos mesmos. Os antibióticos destroem a microbiota, com alguns estudos que afirmam que mesmo 6 meses após o uso de antibióticos, ainda existem várias espécies de bactérias benéficas que não se encontram presentes no intestino. Só deve tomar antibióticos prescritos pelo seu médico.

 

  1. 6. Fazer exercício regularmenteFazer exercício contribui para uma melhor saúde do sistema cardiovascular e perda de peso ou manutenção do peso.Um adulto deve realizar, pelo menos, 150 minutos de exercício de intensidade moderada por semana, e atividades de fortalecimento muscular pelo menos 2 ou mais vezes por semana.
  2. 7. Dormir pelo menos 7 horasUm estudo indica que hábitos de sono irregulares e sono interrompido podem ter um impacto negativo na flora intestinal, levando a condições inflamatórias.
    Para estabelecer hábitos saudáveis de sono é importante deitar-se e levantar-se à mesmo hora todos os dias. Um adulto deve dormir pelo menos 7 horas todas as noites.
  3. 8. Não fumarFumar afeta a saúde do intestino, para além de todas as restantes implicações na saúde de um indivíduo. Um estudo de 16 anos mostrou que fumar altera a flora do intestino ao aumentar microorganismos que podem ser potencialmente perigosos e diminuir o número dos que são benéficos para a nossa saúde.

A diarreia associada a antibióticos é um problema comum.

Descubra porquê